OLARIA NÃO TOMA CONHECIMENTO DO CERES
06/04/2016 21:48 em Destaque

ARTUR NETO

 

Jogando nesta tarde de quarta-feira, 6 de abril, no Estádio Luso-Brasileiro, pela oitava rodada da Taça Santos Dumont, o Olaria derrotou o Ceres por 3 a 1. Joel com 2 gols e Jordan marcaram para o Azulão e Eudes fez o de honra do Ceres.

 

O jogo?

A equipe do Olaria começou com o domínio dos espaços e controle das ações em campo. Logo aos 8’, o lateral Antônio entra pela direita e cruza a bola na cabeça de Joel. O artilheiro da equipe faz o primeiro dele e do Olaria na partida. Azulão 1 a 0. A facilidade era tamanha que parecia treino de ataque contra defesa, só dava Olaria. Em outra incursão de Antônio, novamente pela direita, o lateral sofre falta de Ângelo, do Ceres. O meia Juninho cobra a falta no meio da área do adversário e o zagueiro Jordan, de cabeça, manda para o fundo das redes. Olaria 2 a 0, ainda aos 16' da primeira etapa. Aí, veio a parada técnica e um relaxamento do padrão tático do Azulão. Aos 22’, em uma bola lançada por Fabrício para Eudes, este entra pela direita e, já de dentro da área, chuta cruzado, sem defesa para o goleiro Adílson. O Ceres diminui o prejuízo: 1 a 2. O gol assustou o Olaria, mas o time adversário não aproveitou a oportunidade para empatar a partida. O lateral direito Antônio foi o destaque do primeiro tempo, sempre levando vantagem sobre Ângelo, do Ceres e criando as jogadas mais perigosas para a equipe da Bariri. O juíz chamou o intervalo ao 47' e as equipes foram para os vestiários analisar suas atuações na primeira etapa.   

O Ceres voltou para o segundo tempo com duas alterações e começou a pressionar a equipe Olariense, lançando-se ao ataque. Ao deixar espaços, o time adversário permitia contra-ataques do Azulão. E foi desta forma que o terceiro gol saiu. Pedro, pela direita, cruzou para Joel, o atacante tentou de cabeça, mas o goleiro Felipe espalmou. Na sobra, pela esquerda, Rodriguinho driblou Victor França e cruzou rasteiro para o onipresente Joel, com o pé direito, mandar para o fundo das redes. Olaria 3 a 1. O Azulão ainda teve três oportunidades de apliar o marcador. Uma com Pedro, que sozinho de dentro da área jogou por cima do travessão. A segunda, novamente com Pedro que entrou na área cara-a-cara com o goleiro e este abafou a bola aos seus pés, a última chance clara foi de Wallace, que ao armar um chute, de dentro da área, foi calçado pelo zagueiro adversário, mas o árbitro nada marcou. Aos 35’, Wallace, do Olaria e Arthur, do Ceres, foram expulsos. Com dez para cada lado, o Ceres fez pressão, mas sem conseguir qualquer jogada de perigo ao gol Olariense. Final de partida: Olaria 3 x 1. Segundo jogo e segunda vitória da equipe da Bariri sob o comando de Fernando Santos. 

Com este resultado, o Olaria vai para a 5ª colocação com 9 pontos; a 1 ponto dos vice-líderes Belford Roxo e Sampaio Corrêa, que estão com 10 pontos cada. O líder é o Nova Iguaçu com 16 pontos.

No domingo, dia 10/04, o Olaria jogará contra o Audax Rio, na Rua Bariri, tendo os desfalques de Geovani, que cumprirá suspensão automática pelo acúmulo de três cartões amarelos e Wallace, que foi expulso hoje.

No Sub-20, jogando no Estádio João Francisco, em Bangu, o Olaria venceu o Ceres por 2 a 0. 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Estádio Luso-Brasileiro – Ilha do Governador – RJ 

 

Ceres: Felipe; Victor França, Felipe Reis, Almir e Angelo (Rafinha), Arthur, Eudes, Fabrício, Kleiton (Leonardo), Yago e Angolano (Tinga) . Técnico: João Lomeu.

Olaria: Adilson; Antônio, William, Jordan, Rodriguinho, Jefferson, Geovani (Wallace), Rodrigo Lopes, Juninho (João Vitor), Joel e Pedro (Bruno Barreto). Técnico: Fernando Santos.

 

Cartões amarelos:

Olaria: Geovani, Rodriguinho e Pedro.

Ceres: Felipe e Ângelo.

 

Cartões vermelhos:

Olaria: Wallace.  

Ceres: Arthur.

 

Gols do Olaria: Joel 8’-1ºT; Jordan 16’-1ºT e Joel 10’-2ºT;

Gol do Ceres: Eudes 22’-1ºT

 

Árbitro: Paulo Renato da Silva Coelho

Assistente 1: Carlos Àquilla Lima da Conceição 

Assistente 2: Richardson Santos da Silva 

Quarto árbitro: Wandemberg de Araújo Farias Alves 

 

 

Público pagante: 260 - Público presente: 300 - Renda: R$ 1.800,00

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Portifólio